sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Retorno

Voltei de viagem!
Voltei feliz e descansada - porém, sem nenhuma vontade de continuar o blog, visto que ele pega muito na veia consumidora e isso anda me aborrecendo um pouco.
No entanto, quando coloquei hoje algumas peças que ganhei no Chile (thanks, Love!), não consegui resistir à vontade de fotografá-las, e aqui estou eu novamente...

Estivemos em Santiago do Chile, um lugar lindo demais! Tem um "quê" de Buenos Aires, misto com São Paulo antigo. Vale a pena conhecer.

Visitei algumas lojas locais muito chiques, com roupas bem contemporâneas aonde seria o mesmo que fazer compras em SP - à exceção do custo, que lá está cerca de 20% mais barato que aqui, em tudo.

De "estrangeiro" que me chamou atenção eles têm Topshop em uma grande loja de departamento (acho que na Paris), Prüne (couros) e também La Martina (original de B.A.), com modelos de polos masculinas simplesmente maravilhosas.

E de típico do país têm as esculturas e joias em lápis-lazúli: variedade imensa de brincos, pulseiras e colares, chega a ser difícil de eleger uma, entre tantas opções.

E foram exatamente duas peças de lápis-lazúli que me incitaram a pegar a câmera:

Usei-as com blusa azul marinho, calça bege e espadrilha azul royal:

Detalhe das peças no corpo:

E para finalizar o look, bolsa Prüne de camurça, espadrilhas Schutz e unhas escuras:







Essa cor de esmalte me conquistou! Gosto de unhas bem escuras ou bem claras, e não gosto de esmaltes "acesos". Este chama-se Fashion Week e é da coleção Elke Maravilha. É um grafite / azul marinho acinzentado, com brilhinhos. Simplesmente o máximo!!!

Bom, para quem disse que não estava inspirada a escrever, creio que surpreendi, não é mesmo? :)

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Viagem

E eis que as férias chegaram!
Amo viajar e é isso que farei pelos próximos nove dias. Portanto, nada de blog nesse período.
Beijos e até a volta!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Advanced Style

Estou há tempos querendo escrever sobre o blog Advanced Style.

O criador é Ari Seth Cohen, um moço que percorre as ruas de Nova York procurando por looks criativos e originais, portados por pessoas idosas.

O blog é uma graça! Às vezes com fotos excêntricas, às vezes com looks absolutamente poéticos, de uma forma ou de outra quase sempre me emociona.

E hoje, quando vi esta foto e o texto que ele escreveu abaixo, não tinha como deixar de compartilhar!


"But I'm an old Lady." This is a response I hear all the time, when I approach people and ask if I can take their photograph. I always reassure them that they look wonderful and are exactly what I'm looking for. It saddens me to think that these gorgeous,vital, and creative women are made to feel less important and less beautiful as they age. The woman above started off by questioning why I would want to photograph her. After I was finished she thanked me with a big smile on her face and told me that I had made her day. There is no question in my mind, why I would be inspired by this elegant woman. I don't want my photos to be spectacular and original, in fact I want them to get so familiar and boring that we all get used to looking at age in a new light. Maybe if we shift our attitudes towards getting older a little, the ladies I meet will start replying "But of course, I'm an Old Lady" instead.



Acho o trabalho dele original e muito importante! Dá um sopro de ar a todo mundo que o lê, pois você vê que a idade chega mas, quem tem estilo, continua bonito, ao seu novo jeito.

Parabéns, Cohen!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Amo Muito

Estou impressionada com a eficiência do e-commerce Amo Muito.
Recebi um email deles com uma linda foto de bolsas de glitter + caveiras, Alexander McQueen inspired:

Irresistível, não é???

Entrei no site e fiz meu pedido, optando pela prateada (foi difícil escolher, a preta é maravilhosa - mas já tenho carteiras pretas, achei melhor diversificar).

Como de hábito, a informação era de que seria entregue de 3 a 8 dias úteis após confirmação do pagamento.

Como fiz o pedido quase meia-noite do dia 13/dez, achei que só iria receber perto do Natal, ou até depois, visto que tudo fica uma confusão nessa época.

E não é que a caixinha chegou HOJE, 15/dez? Estou abismada com a rapidez deles, e só tenho elogios à empresa.

Fotos:
Embalagem caprichada



MUITO linda!
Estou satisfeitíssima com mais esta aquisição fashion.
:D

P.S.: No site ainda estão disponíveis a prateada e a dourada, mas a preta ontem mesmo já estava esgotada!

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Tila March

"A grife francesa de acessórios Tila March será distribuída no Brasil em 2012". Com essa notícia começa uma reportagem do Jornal Valor Econômico, que conta também que a marca "ainda não é conhecida por aqui, mas tem diferenciais de design (como fechos especiais) que geram interesse e a identifica entre um público composto por mulheres antenadas e discretas".

Serão vendidas em multimarcas nas grandes capitais, e estão trazendo 40 modelos de bolsas, cujos preços vão variar entre R$900 e R$7mil.

Dito isso, ficou claro que podemos esperar bolsas de qualidade, porém sem monogramas ou outros logos estampados.

Entrei no site e só encontrei uns 10 modelos de bolsas, cada um deles oferecido em diversas cores. Preço médio: 500 Euros.

Conclusão: se gostarmos de algo, melhor comprar na Europa ou nos EUA. Aqui, devido aos nossos impostos, o valor final fica abusivo (como de hábito).






E a não ser que a qualidade seja realmente excepcional, nada me encantou tanto a ponto de sair de casa para procurar especificamente por esse produto.
Mas vamos ver "ao vivo" como é que ele se comporta... As cores são bem escolhidas e há variedade de opções, o que é sempre bom (desde que não custem R$7mil!).

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Xmas Gifts

E eis que é chegada a hora de presentear gregos e troianos!

Estou falando sobre isto porque li no site da Gloria Kalil um alerta e achei MEGA importante:

"Dê sempre algo que a pessoa possa trocar".

Parece fácil, não é? Mas olhe bem de perto: percebi que no final de ano a gente embarca na conversa de conhecer mirabolantes "bazares", fazer compras meio que no "atacado", ou até reaproveitar algo comprado há mais tempo e que ficou guardado em casa.

Já deu para sentir que a troca não é uma opção nos três exemplos acima, não é? Viu como de repente o óbvio já não é assim tããão óbvio?

Não vou entrar muito sobre "o que comprar" porque isso é uma questão muito pessoal e depende mais do presenteado do que do nosso próprio gosto - se a gente realmente entrar no espírito da coisa.

Mas,
Para quem é próximo e conhecemos bem, podemos comprar itens como sapato (que tal sapatilha de glitter? Ou rasteirinha?), bolsa, roupa, echarpe de seda, objeto de decoração, bijuterias, etc.

Para quem é distante, tem que ser algo neutro. Mas tem coisas que agradam (quase) todo mundo:
  1. Dinheiro: adolescentes A-D-O-R-A-M!
  2. Vale-livro/cd/dvd: pode não ser original, mas a pessoa sempre vai aproveitar.
  3. Caixas de chocolates ou afins.
  4. Sabonetes, cremes, velas perfumadas.
  5. Artigos fofos de papelaria, como agendas, cadernos e canetas diferentes.

E por aí vai.
O importante é que possa ser TROCADO!
Até porque a gente fica com um peso bem menor das costas, pois não precisa mais ter que 'acertar na mosca' na escolha do presente.  ;)

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Sonhos

O ruim de você gostar demais de revistas e de moda é esquecer que tudo que está retratado foi escolhido entre dezenas de flashs semelhantes, sendo que a foto publicada é a qual a luz, o ângulo e a modelo ficaram mais favoráveis.

Aí, um dia, você se depara com uma pessoa normal (normal = não é modelo) usando algo que você sempre achou lindo e... decepção!

Exemplificando: na foto abaixo a Chris Francini, uma stylist super conceituada que tem um site de looks do dia juntamente com Paula Martins (www.lookdodia.com.br), veste um Emilio Pucci.

Sempre namorei as estampas Pucci e imaginava como seria incrível ter um vestido dele. E eis que desisti totalmente... Fora dos editoriais, a estamparia fica "perdida", não valoriza o visual. E olhe que a Chris está super em forma e é lindinha.

Portanto, já disse adeus ao meu sonho Pucci. No máximo, vou me conformar com um nécessaire! :D

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Bolsa branca - parte III

Estou gostando da forma como essa bolsa branca complementa a roupa, dá uma alegrada. O melhor é o detalhe em duas cores (marrom e azul), que a deixam combinar com quase tudo.

Já o tamanho dela ainda me incomoda: relativamente pequena, não cabe tudo que gostaria de levar dentro.
Mas o resultado final é bem legal, compensa a triagem do que carregar. Aprovada!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Novas formas de carregar bolsas

Estão sinalizando há meses que as carteiras reinarão nesta temporada, desbancando as it-bags.
Sinceramente, achei difícil de acreditar, pois nada se compara à comodidade de uma bolsa grande, que cabe tudo que você precisa no dia a dia e ainda pode ser carregada por alça, tanto ao ombro como no antebraço.

No entanto, tenho que admitir que a campanha pelas clutches está poderosa! Desde novembro, em todos os editoriais, as carteiras de mão e as bolsas de tamanho médio roubam a cena.

Não bastasse essa queda no tamanho das bags, ainda estão propondo "novas formas de carregar" as nossas amigas:

A ideia para a pequena clutch é simpática: enrolando a alça no punho, como se fosse uma pulseira.

Já as demais novidades...
Bolsa de tamanho médio, segura pelas alças - porém, de cabeça para baixo.
(imagine a bagunça que não ficará dentro!)

E essas maxibolsas, dá para encarar segurar assim?

Sustentar uma bolsa desse tamanho como se fosse carteira me parece uma temeridade: o peso é grande, a mão não vai aguentar mais de uns minutos antes de pedir demissão.

E passando o braço pela alça e segurando o fundo da bolsa: nessa maxibolsa eu não gostei da proposta. Mas visando não ser intransigente, resolvi fazer uma experiência com uma box média e achei que até deu certo:
A bolsa vira uma maxicarteira, dessas de carregar na mão, com a única vantagem que a alça está firme no braço, evitando quedas.

De qualquer forma, estou bem desanimada com essa tendência de bolsas pequenas. As bolsonas são, sem dúvida, um amor que eu gostaria que fosse mantido sempre na moda.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Você se veste para quem?

Outro dia li uma entrevista do psicanalista Contardo Calligaris na qual ele expunha que as pessoas não se vestem para si próprias, como é hábito se falar. Elas sempre se vestem para o outro, para o olhar do outro. [não consigo lembrar a fonte, para destacar o link, sorry!]

Bom, o fato é que fiquei pensando sobre isso e me dei conta que, mais do que nos vestirmos para os outros (em geral), nós mulheres nos vestimos para sermos vistas por outras mulheres!


Parece paradoxal num primeiro momento, mas se olharmos com cuidado, creio que a conclusão é essa mesma.

Sabe todas essas novidades que adoramos incorporar no guarda-roupa? Color blocking, estampa de bicho, statement shoes? Achamos bonito e imediatamente reconhecemos as referências quando vistas em outra mulher.


Agora, pergunte aos homens o que eles realmente acham das novidades da moda, e você vai se espantar. A maioria acha tudo esquisito e sem cabimento.
- Por quê usar um colarzão tão grande? 
- O que é esse sapato cheio de penduricalhos?? 
- Crédo, laranja com vermelho???


Já a gente tem um olhar educado para buscar detalhes e condicionado às tendências do momento. Por isso achamos tudo que está na moda tão lindo!

Quer um exemplo prático?
O que vocês acham dessas sandálias abaixo:

Não fiz o teste com a ala masculina, mas tenho certeza do resultado: todos vão achar esses modelos esquisitos e completamente dispensáveis!

Enquanto isso, eu acho-os maravilhosos! E, se visse alguém usando um deles, com certeza repararia e cobiçaria a novidade.

É ou não é? 

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Riachuelo - Fashion Five in loco

Hoje passei na Riachuelo, para ver as peças dos 5 estilistas que fizeram coleções de final de ano para a loja.

Primeira impressão: bagunça.
Tudo bem que ontem foi primeiro dia de venda e que a loja deve ter estado lotada. Mas isso foi ontem. Hoje foi um dia com movimento bem tranquilo (pelo que deu para ver às 17h30) e as araras estavam completamente desorganizadas.
Apesar de haver cinco corners, cada um com o nome de um dos estilistas, as peças das cinco coleções estavam misturadas, tinha tudo em todo lugar, ficando muito difícil encontrar algo que se estivesse procurando especificamente.


Análise: faltou qualidade.
Apesar de aparentemente bonitas, as roupas não eram agradáveis ao toque ou, quando o tecido era melhor, tinham acabamento ruim, principalmente de barras.


A melhor opção visual+acabamento era esta regata da Martha Medeiros, composta de duas peças: uma dourada de micropaetês por baixo e uma rendada por cima, deixando a barra de paetês à mostra, quando vestida.


Ideia boa com execução adequada.

Tirando essa, nada mais agradou realmente, exclusivamente pela falta de qualidade.
Uma pena. Faltou capricho.

Pulseira

No site Chic vi a foto do último visual que a Fátima Bernardes vai usar no Jornal Nacional.
E olhe que curioso: ela está com uma pulseira linda, da Camila Klein...

exatamente esta aqui, da esquerda:

É gostoso quando você vê suas escolhas também em alguém que você admira.

À Fátima, muito sucesso no novo programa. Talento e capacidade, todas sabemos que ela tem de sobra.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Chegou! Êêêê!

Minha camiseta "In Vogue We Trust" chegou hoje de manhã!

Foi super rápida a entrega, visto que fiz o pedido dia 30 à noite: entregaram em 3 dias, mesmo com a escolha da entrega comum, que prevê até 8 dias úteis de demora. Na verdade, demorou 1 dia útil, posto que entregaram no domingo!!

Veio super bem embalado:
Caixa identificada, bem lacrada.

Ao abrir, papel de seda, num lindo pink.

Dentro da seda, um saquinho de TNT.

E só então a linda camiseta!!!

Estou muito satisfeita com o serviço da Amo Muito - www.amomuito.com. Parabéns para a equipe que foi atenciosa quando fiz o pedido, enviou vários emails identificando as etapas e situação do pedido, e muito rápida na entrega. Amei.

[05/dez/11] E já estou usando:
:D

sábado, 3 de dezembro de 2011

Tribal

Uma das tendências para este verão são as peças inspiradas na arte tribal.
Quem explorou lindamente essa ideia foi Tufi Duek, em sua Coleção Verão 2012:



Apesar de ter adorado as estampas, as peças definitivamente não são para as 40-50's. Tudo cavado, muito colado ao corpo, extravagante demais.

Porém, não desanimem, minhas amigas entas! Vejam só o que eu encontrei:
Liiinda sandália da Schutz,
com a mesma proposta tribal das roupas
- e a vantagem de podermos usar livremente!

É ou não é um arraso?  :D

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Bolsa amarela

Aproveitando o calor que fez hoje, resolvi tirar a Céline inspired amarela do armário.
Para não dar erro, combinei com azul marinho e branco.
E a sandália também é amarela ;)

Bom, azul+branco: assim ficou fácil, né? Vamos ver quando tiver que montar outro look, com outras cores, para sustentar nossa amiga cor do Sol.

Mas que ela dá uma esquentada no look, isso dá! Fica imediatamente com cara de verão, de calor. Gostei da experiência.

PS: Por outro lado, não gostei de sair com uma bolsa falsa, por mais que seja óbvio que ela não está querendo se passar por uma Céline verdadeira, visto que a marca nem faz bolsas nestas cores da minha. Apesar do sol e apesar da simpatia pelo modelo, é com pesar que informo que vou encostá-la.  :(

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Saad

Ganhei, há um ano, uma bolsa Saad.
Não conhecia a marca. Pesquisando, vi que a Saad é bem difundida na Europa e está presente em diversos estados brasileiros. Encontrei algumas propagandas nas revistas de moda (poucas) e vários artigos na internet.

Aqui em SP só tem duas lojas próprias, e nenhuma em shopping center (R. Dr. Mario Ferraz 435 / R. Haddock Lobo 1545), mas pode ser encontrada em multimarcas de qualidade.

Esta é em tom de bege (puxado para dourado) e
tem alças marrons bordadas com seu logo. 

De tamanho médio, é leve e muito fácil de combinar com vários looks - só tenho elogios! Fotos melhores:


O maior diferencial dessa marca é que todas suas ferragens são banhadas a ouro.
Devido a isso, as ferragens estão perfeitas, mesmo passado um ano, e o brilho e a cor são incríveis (ouro ligeiramente rosa, bem discreto).

Realmente, um super presente!

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Irresistível

Achei esta camiseta o máximo:
Perfeita para fashionistas!
Já encomendei a minha. ;)

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Revistas de Moda

Costumo esperar ansiosamente pelo início de cada mês para ver o que as revistas de moda vão estampar em suas capas e em suas reportagens principais.

Dos vários títulos disponíveis, priorizo a Elle, a Estilo e a Vogue - pelo menos uma delas eu levo para casa. Quando a tentação é muita, levo as três!






A rotina é folhear avidamente, buscando novas tendências, modelos de bolsas e sapatos apaixonantes, e já criando mentalmente a wish list - a terrível.

Num segundo momento, com mais vagar, canibalizo as pobres revistas. Explico: destaco todas as páginas que têm coisas que me interessam, deixando na revista tudo o que não conversou comigo, os editoriais conceituais, as reportagens sobre artistas e outras "personalidades", as ideias muito para menininhas.

Esse apanhado de folhas costumava ir para um caderno, onde ficavam apenas os itens que me interessavam, recortados, colados e com as informações principais (mês e ano, estilista, custo).
Atualmente estou muito ocupada para dar sequência nesse modelo de organização, mas estou mantendo as folhas juntas por mês de edição, com um clipe colorido em cada mês. :)
Assim, com muito menos papel você tem à mão tudo que lhe interessa, de uma forma fácil de achar.


Harper's Bazaar
Em novembro foi lançado o primeiro número da Harper's Bazaar Brasil e é claro que comprei para conhecer e formar uma opinião sobre esta nova opção.
Minha primeira impressão foi de encanto com a revista: primorosamente impressa em um papel excelente, recheada de reportagens e fotos, com mais de 300 páginas e todas visivelmente muito bem cuidadas.

A comparação imediata é com a Vogue, claro. As revistas se "equivalem" em DNA fashion, mas a Bazaar me surpreendeu positivamente nessa primeira edição.

Portanto, se você gosta da Vogue, vale a pena dar uma chance à Bazaar, que está muito interessante.


Praticidade
Hoje, ao fazer um levantamento de quantas páginas me interessaram de fato (pós canibalização), vi que a Estilo ainda é a revista que mais traz ideias práticas e do dia a dia, seguida pela Elle. A Bazaar cooperou com meras 10 páginas - o que é pouco.

Conclusão
Se você busca por uma revista que lhe dê muita informação de moda, pode escolher tranquilamente entre Vogue e Bazaar.
Caso busque algo para inspirar suas compras e os looks diários, vá de Estilo e de Elle.