quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Lumosity

Não é segredo algum que para mantermos a mente "afiada" é preciso exercitá-la. 

[Isso é tão verdade que a própria Anvisa liberou uma publicação da Revista Coquetel (aquela das palavras cruzadas) específica para ser vendida em Farmácias: Bom pra Cabeça. Mas depois eu conto mais sobre esse projeto, que ainda está na fase de implantação. ;) ]

Hoje o assunto é o site LUMOSITY - clique aqui para conhecer.


É um site que propõe uma série de exercícios diários, variados, que visam melhorar a capacidade de raciocínio, memória, atenção, etc.

Não leva mais que 10 minutos para fazer a sequência proposta do dia (muda sempre). Depois de tudo feito o site calcula como foi sua performance e plota num gráfico: dessa forma você realmente acompanha seu desempenho.

Você pode testá-lo por três dias seguidos, após o quê tem que comprar uma conta.
Testei e comprei a assinatura de um ano: cerca de US$80.


O Lumosity é todo em Inglês, não está disponível em Português. No entanto, tenho achado isso até uma vantagem extra: treino da língua inglesa.

Estou bem satisfeita com o programa, tenho feito os exercícios diariamente: é divertido, desafiador, prende a atenção. É um momento diferente da sua rotina e que, ainda por cima, melhora seu cérebro.
Super recomendo! :D

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Sephora removedor de esmalte

Abri hoje o potinho de removedor de esmaltes que havia comprado na Sephora e tomei um susto: não é líquido o que você encontra dentro, é uma esponja escura com um furo no centro.
Fui ler como usava e é simplíssimo: você coloca os dedos, um a um, dentro da esponja e em segundos - atenção, segundos mesmo - o esmalte sai todinho.



Estava com uma cor vinho quase preta e saiu como num passe de mágica.
Além disso, a solução que embebe a esponja tem um cheiro agradável e não resseca as mãos.

Sinceramente, nunca vi um produto removedor tão fácil de usar, tão eficiente e prático. Adoro novidades que facilitam a vida: tirar esmalte escuro das duas mãos em menos de um minuto, sem qualquer sujeira envolvida, quem não adoraria?

Não sei quantas retiradas de esmalte ele vai durar mas, só pela praticidade já vale a compra, com certeza.
A-M-E-I!!!


P.S. Atualização:
Usei o Bain dissolvant novamente esta semana, desta vez para retirar um Chanel Blue Satin = azul MUITO escuro. Novamente o esmalte saiu em segundos - mas deixou as bordas das unhas ainda coloridas:


Comentei com a manicure como havia retirado a esmalte antigo e ela achou o resultado excelente: disse que fica exatamente assim quando esse esmalte é tirado com Acetona e algodão, que os cantinhos têm mesmo que serem retirados com palito com algodão embebido no removedor, ou raspados com espátula. 

Ou seja: o Bain dissolvant resolve para retirar 98% do esmalte. Mas se você quiser as unhas perfeitas, terá que recorrer a um algodão com removedor para os cantinhos.  ;)

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Um ano depois

O blog fez um ano dia 17 de agosto e eu nem percebi. Então, um pouquinho atrasado mas ainda valendo, vai um resumo deste ano de postagem e moda.

Moda é importante na nossa vida? Sim. Afinal, todos precisam se vestir diariamente. Vivemos rodeados de pessoas e a roupa passa imediata mensagem não verbal. Para integrar um grupo ou exercer um cargo, o código de vestir deve ser respeitado. E já que vamos fazer isso todo dia, melhor nos divertirmos com o processo!

Adorei esta frase, que vi ontem em um tweet da OQVestir!

E as EntasAs mulheres de quarenta e cinquenta anos de hoje não têm nada a ver com as formais e clássicas de antigamente. Hoje podemos usar jeans, tênis, camiseta, assim como também usamos camisa de seda e scarpin. É muita liberdade - o que também contribui para certa dúvida de como vestir nessa fase.
Ao longo deste ano pensei e repensei muito sobre moda e, hoje, acho que tenho uma visão um pouquinho melhor do que posso e quero vestir. Qualidade - essa é a palavra fundamental. Modismos, fashionismos - sim, também, só que em pequenas doses.

E bolsas, o foco primeiro do blog? A bolsamaníaca de um ano atrás deu lugar a alguém mais tranquila em relação a esse acessório. Mudei o foco: comprei algumas bolsas muito boas ao invés de investir em dezenas mais comuns. Está dando certo! Novamente, a qualidade está sendo o fator mais influente aqui.

Dúvidas? Ainda as tenho em profusão! A consultoria de estilo foi muito proveitosa, principalmente em me desligar de ideias antigas. Mas ainda estou patinando em definir um estilo mais coerente, mais uniforme para meu dia a dia. É um processo e está sendo bem proveitoso. E divertido.


Obrigada pela visita a este blog despretensioso, que atua como um fashion diary para a autora. ;D

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Zara EUA e Zara Brasil

Confesso que nunca tinha entendido a fixação das blogueiras pela Zara.
Sim, já vi e comprei algumas coisas bonitas, interessantes nessa loja. Mas nunca achei assim tãããão fabulosa.

Eis que em NY entrei numa Zara imensa e encontrei peças lindíssimas a preços excelentes. Blazers a US$89. Colares deusos a US$39. Clutch de spikes a US$89. E aí entendi: não tem como não amar a Zara EUA!!!


E hoje passei na Zara do Shopping Ibirapuera e fiquei impressionada: a loja está com coleção inteiramente nova, 100% fashion = todas as tendências no momento estavam lá retratadas, e muitas das peças que vi em NYC estão agora disponíveis no Brasil.

Destaque para os blazers:


Este aqui foi o que eu mais gostei: um tecido bem leve, com toque de seda. Valor: R$399.

Olha que graça o detalhe do forro desse achanelado: de zebra!

E para culminar minha rendição, tinha a sandália que procurei nos EUA sem achar:
Tinha aqui, no meu número e ainda com preço ligeiramente menor que em NY.

Adorei a compra! :DDD
Está valendo a pena passear na Zara para conhecer essa nova coleção, que veio muito linda.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Colar Swarovski

Quando lançaram o Rocket Long Necklace fiquei encantada com sua beleza.

Fui à loja Swarovski do Shopping Morumbi certa de comprar o meu - e não tinha, nem em nenhuma outra loja daqui.

Em NY achei-o na primeira Swarovski que entrei. O custo? Praticamente a mesma coisa que aqui, com pequena diferença de preço, sendo lá só ligeiramente mais barato.


Detalhe:
Já usei uma vez e ele é maravilhoso de lindo! Delicado e imponente ao mesmo tempo. Gostei! :D


O que eu queria pontuar com este post é que, se você gostar de algo na loja aqui em SP, pode comprar sem medo: não vai encontrar preço muito melhor lá fora. 
Difícil acontecer isso por aqui, não é? É bom saber!

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Clarisonic

Conhecem o Clarisonic, aparelho que promete uma limpeza profunda da pele?
"Usando tecnologia sônica, trabalha com a elasticidade natural da pele para remover impurezas que métodos tradicionais deixam para trás - resultando em uma pele macia, hidratada e mais bonita." 
"Em somente 60 segundos, a ação micro-massageadora remove 6X mais maquilagem e 2X mais sujidades e óleo que a limpeza feita somente com as mãos. Removendo mais sujidades e óleo dos poros, também ajuda os produtos faciais a penetrarem e agirem melhor."
(leia no original, aqui).


Pois é, ouvi maravilhas, pesquisei muito e optei por comprar um Clarisonic para chamar de meu.

Resultado do teste: adorei!

Ele funciona por exatos 60 segundos, nos quais se deve aplicá-lo à pele molhada e com o gel de limpeza, da seguinte forma:
- 20 segundos na testa;
- 20 segundos na área do nariz e queixo;
- 10 segundos em cada lateral do rosto.

Na prática, preferi inverter a sequência, deixando a testa por último: dessa forma se previne de escorrer sabão para os olhos enquanto se está massageando as outras áreas.

A instrução de uso é de uma a duas vezes ao dia (manhã e/ou noite). Fácil de cumprir pois só leva 60 segundos ligado, ou seja: gastando no máximo dois minutos você já faz a limpeza profunda da pele! 

O que eu achei:
Ele limpa super bem a pele, sem esfoliar, sem irritar. Realmente se ganha um novo viço, uma maciez e uma limpeza sem igual. Estou usando somente pela manhã e já vejo diferença.

O meu é o Mia, super pequenininho e leve: achei ótima escolha de tamanho.
Ele vem com capinha protetora sobre as cerdas, nécessaire, gel de limpeza, escovas extras e carregador.

 A parte central da escova (das cerdas pretas para dentro) vibra na aplicação (não gira). Não é para apertar na pele, apenas passar levemente.
(as cerdas estão parecendo unidas no centro porque tirei foto com ele ainda molhado)

Este foi o gel de limpeza que veio acompanhando o produto. É suave, tem um cheiro delicioso e espuma pouco.
Pode-se usar qualquer outro gel de limpeza, desde que não seja do tipo muito esfoliante (com a vibração, as partículas ásperas podem vir a machucar a pele).


Clarisonic tem vários modelos, sendo o Mia o mais básico. Ainda existem o Mia 2, o Classic e o Plus.

Principais diferenças: 
O Mia 2 tem duas velocidades, com corpo do mesmo tamanho do Mia.
Classic e Plus são bem maiores e têm também mais de uma velocidade. 
E o Plus também vem com uma escova maior, que permite seu uso no corpo, não somente no rosto.

Inicialmente pensei seriamente em comprar o Plus, justamente porque ele tem essa escova corporal extra. No entanto, na extensa pesquisa que fiz na internet com reportes de usuários, não li um só elogio para essa função. Ao contrário, li que a bateria não dura nada quando se usa a escova para o corpo, e que isso desanima e acaba levando a se encostar o aparelho para esse fim.

Devido a isso passei a focar no Mia 2: duas velocidades e ainda pulsa para "avisar" quando se tem que trocar de área de limpeza. 
Estava praticamente fechando com esse quando me lembrei que tudo que eu tenho com 2 velocidades eu só uso em uma: secador, depilador... :)

E então acabei optando pelo modelo mais simples e mais compacto. E estou bastante satisfeita!

Preços (tabelados, não encontrei diferenças):
Mia       US$119
Mia 2    US$149
Classic US$195
Plus      US$225


Além de diversos aparelhos, existem também diversos tipos de escovas de limpeza:
O meu veio equipado com a Sensitive, ganhei duas extras para trocas futuras e comprei algumas para Acne, que devem ter um toque bem delicado, também.

A duração das escovas é de cerca de 3 a 4 meses de uso. Devido a isso, é bom lembrar de estocar as escovinhas, para não ficar com o aparelho parado por falta delas.

Veredicto:
Recomendo muito esse aparelho: fácil de usar, rápido, e faz diferença! Virei #fã!

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Ao vivo não é tão bom (IV): Steve Madden

Em julho, quando viajei, saí de SP com uma listinha de coisas que gostaria de ver e, se possível, comprar nos States. Quem está sempre na internet tem disso: um apetite louco por novidades, por coisas diferentes - e que, se vierem em bom custo/benefício, melhor ainda!

Dito isso, fica fácil de ver porque os Estados Unidos (e em particular Miami e NYC) exercem tamanha atração nos fashionistas.

Bom, saí daqui com esta foto de slippers do Steve Madden no celular, para procurar por lá:


Não precisei ir muito longe: na própria 5th Ave, altura da 43 St, já encontrei uma loja com esses e outros modelos fantásticos na vitrine.

A loja parecia um formigueiro e uma torre de Babel: lotada por pessoas falando diversas línguas, todas atrás dos designs diferentes dos sapatos, aliados aos bons preços. Para se ter uma ideia, estes da foto estavam a US$85 (cerca de R$170).

Com muito custo consegui alguém que me atendesse e pedi pelo slipper de onça e spikes acima (se está na chuva melhor se molhar logo, não é?).

O sapato veio: LINDO! Já estava animada pela boa compra quando... experimentei o danado e parecia que eu estava com o pior sapato do mundo nos pés. Desconfortabilíssimo, duro, com costuras internas que machucavam, um horror.

Devolvi o slipper à vendedora e me desculpei falando que não ia levá-lo pois era muito desconfortável. E ouvi dela um: "Yes, it's really uncomfortable", enquanto me olhava com ar de total entendimento.

Preciso dizer mais alguma coisa???

Portanto, novamente: foto engana. E postagens de it blogueiras muitas vezes nos deixam querendo coisas que são aparentemente lindas, mas... algumas são verdadeiras roubadas!

sábado, 11 de agosto de 2012

Anthropologie: surpreendente

Conheci a ANTHROPOLOGIE através da indicação de uma amiga muito querida, que já havia estado nessa loja de NY e adorado suas roupas, objetos de decoração e bijuterias.

Após dias de visita à Madison Ave e à 5th Avenue, onde se alternam fantásticas lojas de marcas famosas com fast fashions como Zara, H&M, J.Crew, encontrar um espaço com um DNA diferente de tudo mais que você estava vendo é um oásis!

A Anthropologie é incrível: roupas muito bem escolhidas, de qualidade, com cortes e estampas inusitadas, muita coisa ótima para as entas, além das peças voltadas para as mais novas.

Como se não bastasse, ainda tem uma excelente coleção de bijuterias, bolsas, sapatos e outra de peças para casa, como roupa de cama, velas, espelhos, almofadas... Para quem mora lá e, portanto, não tem o problema do excesso de peso na bagagem de volta, é uma opção fantástica.




Essa foi a única loja onde encontrei, para mim, peças diferentes de malhas lisas e camisetas: aliás, comprei exatamente esse cardigan bordado em verde da foto acima.
(nunca imaginaria em usá-lo com outro tom de verde por baixo e ainda com colarzão. E não é que ficou lindo?!)

Portanto, fazendo o contraponto aos posts que destacaram o que decepcionou, este fala do maior achado da viagem. Se forem para lá não deixem de conhecer, é realmente imperdível!

Fotos: divulgação Anthropologie


Pena que seu shop online não entregue no Brasil... :(


PS: Eles agora entregam no Brasil, mas a taxa de frete é de US$55 -- ou seja, proibitiva. 
PS2: E por aqui temos a Le Lis Blanc Casa que é o mais próximo à Anthropologie Home que encontrei. Não tem todo aquele charme, mas passa bem perto!  ;)

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Sandália rosa nude

Há cerca de um ano falei neste post sobre como acho a sandália rosa nude um coringa no guarda-roupa. Combina com tudo, alonga a silhueta, é fantástica pois não "briga" com o restante do look, é neutra sem ser aquele bege sem graça.

Esta minha é Corello. Já está super usada e continuo amando.

Nos últimos meses não encontrei outro sapato ou sandália em tom parecido, para destacar aqui no blog.
Até que hoje, numa resenha do blog Futilish (leia aqui), tinha a foto de uma sandália Via Marte versão da YSL Tribute Sandal, com uma cor super próxima desta que eu acho excelente.

O preço, segundo o Futilish, é cerca de R$180. 
Não sei se este modelo, especificamente, veste bem ou como é seu material. 

Porém, como anteriormente disse, super recomendo ter uma sandália dessa cor! Portanto... #ficadica

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Daslu Verão 2013

A Daslu desfilou ontem, 07 de agosto, sua coleção Verão 2013. O palco foi sua loja no Shopping Cidade Jardim, primorosamente decorada com flores e plantas, como uma estufa. Inspiração: a Índia.


Gosto de ver o que eles lançam pois é uma loja com perfil mais adulto - ou melhor, que tem também o perfil adulto entre sua clientela, e que dá valor a isso.

Resumo: florais, tons pastel, paisley, franjas, modelagem anos 20 estilo ladylike, pantalonas, neon e, finalmente, bordados em paetês e canutilhos feitos na Índia, à mão.

Detalhe de um dos vestidos bordados à mão

Para as jovens: desfilaram muita roupa curta, esvoaçante, estampas florais multicoloridas, grafismos, animal print, calças cigarretes, neon.
Neon destacado em roupas e acessórios

Maravilhoso este vestido vermelho bordado!!!


E agora os itens bem aplicáveis às entas: paisley étnico em preto e branco, conjuntinhos monocromáticos.





Já estava sendo divulgado que para o verão a tendência seriam looks monocromáticos, e pelo visto é isso mesmo que vai se concretizar. Pelo menos no desfile da Daslu Verão 2013 houve grande quantidade de conjuntos focados em uma só cor (com pequenas nuances nos tons).


E deu para ver que os maxi colares e braceletes, pelo jeito, continuarão firmes no verão:
Aprovo 100%  :D

Crédito das fotos: divulgação Daslu e site Chic

Clique na seta para ver um video curtinho, com os últimos 46 segundos do desfile Daslu Verão 2013. 

[O video do desfile completo, disponível no Facebook da loja, foi filmado com sobre-exposição de luz, fazendo com que a maioria das roupas desfiladas pareçam brancas, mesmo quando são coloridas e estampadas. Resultado: não vale a visita.]

Eu realmente gostei muito da coleção. E você?

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Neon X Entas

Não dá para generalizar algo através de uma experiência somente, porém, depois de fazer "test drive" com diversas bolsas neon, estou quase afirmando categoricamente que neon e entas não se dão bem.

Talvez porque os tons fluo sejam ousados, vibrantes, chamativos - e essas características levem à identificação imediata com a juventude. O fato é que me senti estranha, como se estivesse usando algo que não me pertence... Tão awkward como se vestisse uma minisaia, por exemplo.

Depois dessa impressão pesquisei centenas de fotos de peças neon e... não encontrei nenhuma enta usando.
Achei a blogueira Chris Francini com esta camisa amarela; mas a Chris está ainda longe de ser enta.

Nesta foto (linda!) estão: 
Carla do blog Casamenteiras, Chris Francine do blog Look do Dia e 
Dani Schiavo do blog Dia de Estilo <3.


Gloria Kalil se arrisca em cores fortes, como tangerina e amarelo - porém, nenhum desses tons é fluo.



Costanza Pascolato, musa, costuma estar sempre de tons neutros, com toques de cor (vermelho é uma cor que ela usa muito como complemento). Nesta foto está de verde em tom vivo. Mas não é neon, tampouco.



Para comparação, seguem imagens realmente NEON:



Acho que todo mundo deve usar o que gosta, o que julga que fica bem. Eu não me adaptei aos tons fluo, o que é uma pena, pois acho-os lindos!
Vou continuar a busca por uma enta em neon. Será que tem?

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Ao vivo não é tão bom (III): Cambridge Satchel

Continuando a saga das decepções, tenho que falar de outra bolsa: a Cambridge Satchel.
Eu estava namorando uma amarelo neon, e também quase encomendei via e-commerce. Sorte que não o fiz. Ao vivo a bolsa não me agradou nem um pouco.



O neon é lindo, dá vida a um look preto como nenhuma outra cor.

Na Bloomingdale's tinha duas prateleiras com bolsas Cambridge Satchel, com grande variedade de cores: neon amarelo, neon verde, pink, verde escuro, laranja, vermelha, e até bicolores.

Vou explicar porquê não gostei: o couro é muito duro, a aba da bolsa tende a ficar meio aberta/ meio querendo abrir (veja abaixo):

Os fechos são realmente com fivelas, elas não são enfeites para fechos com ímãs, por exemplo. Ou seja: a cada vez que você for abrir a bolsa são dois fechos para desafivelar e depois afivelar para fechar. Muito trabalho, meio incompatível com o corre-corre atual!

Resultado: quem compra acaba usando a bolsa sempre aberta:



E, para finalizar, o espaço interno é muito pequeno. Por ser extremamente rígida, e com costuras externas, ela aparenta ser maior do que realmente é internamente. Cabe pouquíssima coisa, tipo carteira, celular, uma nécessaire e só.

Foto do Melvel's Closet, em ótimo post.

Veredicto: não combina com a minha vida.
Uma pena, pois as opções de cores eram muitas e o preço é bem camarada (US$155 a US$180).

Será que com esta terceira evidência eu finalmente me convencerei a parar de acreditar em fotografias lindas??? 
[Passou da hora, né?] :s