sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Manual das compras online - II

Sites "gringos"
Comprar na ASOS, Saks, Bloomingdales, Net-a-Porter, etc., é uma opção que precisa ser bem pensada, caso a caso.
Quando o valor da peça mais o frete ficar abaixo de US$50, não haverá taxação pela Receita Federal brasileira. Nesses casos, as peças costumam ficar com preço competitivo e muitas vezes é legal podermos escolher algo diferente do que temos por aqui.

Se o valor da peça mais o frete ficar acima de US$50, prepare-se para a taxação certa, e calcule-a como 100% do valor da peça (aproximado, mas dobrar o custo dá uma boa ideia do valor final). Some-se a isso a conversão do Dólar para o Real (x2,18 hoje) e... normalmente dá um valor proibitivo.
AT.: atualização de maio/2013 - Correios brasileiros estão taxando mesmo abaixo de US$50. Leia detalhes aqui.
Devido à taxa dobrar o custo do produto, considero uma boa opção de compra quando os sites gringos estão oferecendo mais de 50% de desconto. Aí acontece o seguinte: preço especial mais taxa = preço normal. Ou seja: você compra aqui no Brasil pagando o preço que compraria se estivesse visitando os EUA.

Não custa ficar de olho: às vezes eles têm produtos incríveis por preços camaradas. Olhem só essa clutch da ASOS, por 20 Libras:

Matéria da Elle inglesa de nov/12, destacada no blog Fashion Gazette

Essa eu comprei, e veio perfeitinha, é super linda. E como foi abaixo de US$50 = sem taxas. Yes!!!

Dica 1: na ASOS evite comprar malhas de lã. São extremamente quentes, não condizem com o clima daqui.

Dica 2: para você ter uma ideia rápida de qual seria o valor da conversão para Reais com as taxas, multiplique o valor em Dólares por 4 e terá uma boa aproximação. Com a taxa de câmbio atual, e levando em conta que os fretes estão absurdos (de US$25 até US$55!), vai ficar mais correto se multiplicar por 4,5 -- mas X4 dá para fazer de cabeça e já dá a ordem de grandeza aproximada.

Dica 3: a ASOS está numa campanha de frete grátis. Super vantagem! Lembrando que a conversão é para Libras, não é Dólar, e tudo fica bem mais caro na conversão: hoje é de R$3,43 para cada Libra Esterlina.



Clubes de Compra
Há vários, tenho experiência com a Coquelux e com o MyHabit (site de moda da Amazon).
Aqui o truque é ter muita calma e bom senso na hora de escolher as peças. Como os valores são sempre promocionais, dá vontade de "aproveitar" todas as ofertas, o que é inviável para o bolso, a longo prazo.

Tenho feito o seguinte: vou escolhendo as peças e abrindo os itens em novas abas no navegador. Depois repasso todas sob o crivo do custo x desconto x quanto eu vou usar.

Por vezes deixo tudo no computador e vou fazer outra coisa, voltando depois, mais 'calma', para rever as escolhas. E também tenho levantado do micro para olhar meu armário, ver se não tenho nada parecido com o que estou namorando, e se o item vai coordenar com o que já tenho.

Com isso, descarto uns 80% do que havia separado inicialmente.
Hoje mesmo teve evento Camila Klein na Coquelux. Imperdível para quem é fã absoluta da designer.
Coloquei uns 6 itens na "espera" e depois fui checando um a um: terminei só com um broche, que é algo diferente de tudo que tenho em casa.

Descartei porque 23cm de circunferência é muito grande para meu punho.

Lindíssimo o brinco, e muito bom preço. 
Não comprei porque acho 4,5x4,5cm um tamanho esquisito.

Ou seja: tem que olhar TODOS os detalhes!!!

Vontade de comprar todos os itens? Claro! Muita vontade! Mas não dá para todo dia fazer compras em excesso, e é aí que mora o perigo dos Clubes de Compras.
Se você vai se filiar a algum agora, cuidado: segure firme o seu cartão de crédito, porque a tentação é enorme!  ;)



eBay
Não tenho experiência suficiente para discorrer sobre o eBay, mas é sabido que normalmente os produtos têm um custo muito menor do que o encontrado nas lojas físicas. 
Sabe bijuterias statement, bem atuais, com elementos como neon, spikes, pedras coloridas? Essas você compra via eBay por poucos dólares e muitas vezes sem custo de frete. 

Tenho exatamente essa pulseira, e custou 5 vezes mais comprando aqui no Brasil.

Nesses casos de modismos, é super válido comprar barato para usar meia dúzia de vezes, enquanto houver a febre desse tipo de acessório. Principalmente porque várias lojas daqui usam esses mesmos fornecedores e vendem por até 10 vezes o custo do eBay.

Não espere, no entanto, receber uma peça perfeitissimamente bem acabada. É qualidade de produção chinesa em massa e a preço baixo -- não vamos querer milagres, não é?

Bolsas
Muita gente compra bolsas no eBay, réplicas de famosas inclusive, porém elas são todas de couro fake e, novamente digo, não dá para esperar que sejam muito bem feitas. Acho uma opção para mocinhas, mas na minha opinião não é para as entas -- sou muito chata com esse acessório, sempre acho que a bolsa deve ser a mais especial e de mais alta qualidade que se consiga comprar. 
Maaas, cada um tem uma visão sobre isso e o eBay está cheio de oportunidades interessantes, dentro do que já foi falado: compre já sabendo que a qualidade não é a preocupação principal.

Para saber mais sobre o eBay, sugiro acompanhar o blog Futilish e sua tag Comprey no Ebay: sempre tem algo interessante e destaques de peças novas a cada semana.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Manual das compras online - I

Hoje chegaram algumas comprinhas: uma pulseira e um cinto do OQVestir e uma sapatilha da Taquilla.

Tudo em tons de verde e azul, puxando para o turquesa. Adoro!

Status da compra:
+++ Fiquei super satisfeita com a pulseira.
++- Gostei do visual do cinto, apesar que ele poderia ser melhor acabado.
++- E a sapatilha tem um detalhe lindo mas não calça muito bem por ser de tecido e, portanto, muito macia (deforma fácil). Vou ficar com ela porque AMEI as cores.
*[Atualização: a sapatilha é deliciosa nos pés! Mudei a opinião para um +++!] 


"Manual"
Depois de muitas compras frustradas via e-commerce, agora estou um pouco mais consciente do que dá certo e do que não dá para comprar online.

Compro sem receio bolsas finas, sapatos, cintos, bijuterias. Ou seja, itens que você tem uma boa ideia de como vão ser "ao vivo" e como vão se encaixar no seu guarda-roupa.

Roupas é bem mais complicado: malhas e camisetas, que por definição são mais folgadas no corpo, dá para tentar; já calças, vestidos, camisas, blazeres: não arrisco. Se você tiver um corpo que veste exatamente o manequim padrão, aí o céu é o limite. Para quem não é assim (95% das mulheres?), melhor não arriscar com peças estruturadas, pois a chance de dar errado é enorme.

É claro que o fator conhecimento ajuda. Se você já sabe que uma malharia tem produtos de qualidade, dá para pedir uma camiseta sem maiores dilemas.
Porém, às vezes até uma empresa que você considera de qualidade lhe envia um produto mal acabado (alô, Schutz!) -- e lá vai você ter trabalho para fazer a troca.

Já quando a empresa fornecedora não é nossa conhecida, a possibilidade de virmos a não gostar é maior. Aí entra o fator sorte. Na foto do site a gente se encanta com a estampa, com um detalhe bordado, coisas assim. Se o produto chegar com uma malha inferior, de péssima qualidade ou corte ruim... é frustrante mas é algo que pode acontecer. Nesse caso, esteja preparada para DEVOLVER. Saiba que isso é parte da vida no e-commerce, não dá para escapar de algumas devoluções...

No começo da minha "vida online" nunca devolvia nada. Ficava achando que eu que era chata por não ter gostado, que deveria ter previsto que tal peça não cairia bem no meu corpo, ou que "por aquele preço" não poderia mesmo ser coisa boa, e por aí vai.

O fato é que você está comprando sem ver, sem pegar o produto e tem o direito de se arrepender, de não gostar do que recebeu e, portanto, de devolver.

Atualmente só estou comprando coisas que quero e não encontrei nas lojas (como os exemplos acima, ainda não havia encontrado nada nesses tons que tivesse gostado) e itens desejo em oferta.


Especificações
Nas compras online é muito importante se ater aos detalhes de especificação dos produtos.
Qual o tecido daquela camiseta linda? Se for poliéster, já descarto, não importa quão maravilhosa seja a estampa.
Qual o tamanho da pulseira, dos brincos, da bolsa, etc.? Muitas vezes as fotos não vêm acompanhadas de uma vista do produto em manequim/modelo e não dá para saber quais as proporções reais da peça. Pode parecer grande e ser pequena, assim como acontecer o contrário.
=> Tenha uma fita métrica por perto e confira se aquele tamanho realmente lhe interessa. 
Aliás, quando não dão informação sobre medidas, por princípio não compro: vai que chega uma coisa imensa, ou minúscula, totalmente fora do que eu imaginei vendo a foto?!


Custos
A internet nos dá a possibilidade de calmamente pesquisar custos. Alguns sites já são clubes de compras, nos bombardeiam com ofertas diárias de até 80% off; outros fazem promoções constantemente. Se você ficar de olho pode conseguir itens com valores bem abaixo dos praticados no mercado.

Quer um exemplo? Hoje comprei uma minaudière Serpui Marie por R$245. Dê uma olhada no site de venda deles: o menor custo, normalmente, é de cerca de R$500.

Bom negócio, na Coquelux.

E neste caso não há dúvidas: o produto é referência nessas mini clutches e a qualidade vai ser superior.
Assim como a clutch Alexander McQueen encomendada na Saks Fifth Ave., por exemplo. Não dá para ser surpreendida com algo inapropriado, nesses casos.


Conclusões
Para alguns itens, só mesmo experimentando nas lojas físicas.
A parte ruim da compra física é que nela você paga o preço solicitado, não dá para pesquisar pela melhor oportunidade.

Já na internet você consegue o melhor preço.
Mas não sabe se vai receber algo que vai ficar perfeito ou se terá que ser devolvido.

O balanço é esse. Meio 'loteria', não é? 

Acho que sempre me sinto com sorte, pois estou sempre apostando nessa loteria!  ;D

domingo, 25 de novembro de 2012

Mixed para C&A: atualização

Calça Branca
Ontem havia ficado bem impressionada com a calça branca da Mixed/C&A: corte bom e tecido bonito. Já estava até pensando em comprar a preta desse mesmo modelo, quando resolvi experimentá-la novamente, à despeito da triste condição de limpeza que ela veio da loja (ela veio "suja de fábrica", precisa de uma lavagem URGENTE!).

E então que a calça, extremamente certinha e vestindo bem no começo, logo ficou amassadíssima e laceou. Sim, laceou bastante no pouco tempo em que fiquei com ela no corpo.

A composição é 98% algodão e 2% elastano, o que explica o extremo conforto ao vesti-la. Mas não explica o porquê dela estar amassando mais que linho e laceando dessa forma...

Então, cuidado com essa peça: comprem somente se não se importarem com o amarrotado, e comprem beeeem justa, para não perdê-la logo.  :(


Colar de Aranha
Quando coloquei-o para sair, hoje, achei a corrente original muito pobrinha, desmerecendo o pingente, que é bem bonito e bem acabado.
Retirei o pendente do cordão original e coloquei a aranha em um colar Camila Klein bem rhyco, e ficou assim:

Essa compra eu aprovei, não é uma aranha linda?
Para quem estiver pensando em comprá-la, é bom saber desse detalhe da corrente. #dica

sábado, 24 de novembro de 2012

Mixed para C&A: eu fui

Ainda dá para aproveitar a Mixed para a C&A. Vocês já foram?
A coleção foi lançada em 22/nov e pelos comentários da internet as lojas estavam lotadas de mulheres alucinadas comprando tudo o que conseguiam alcançar.  #medo
Ao ler isso, desencanei total de ir conferir a coleção, pois detesto esse clima de guerra, não compensa o desgaste.

Porém, hoje fui ao Shopping Plaza Sul especificamente para ir à Óptica e acabei olhando para dentro da C&A, que estava... tranquilíssima! Não deu outra: fui lá procurar a minha peça desejo dessa coleção -- o colar de aranha.
Só tinham dois colares desse na loja e fiquei super feliz de garantir o meu, por meros R$35,90.

O cordão é bem comprido, e achei a aranha e sua cor turquesa muito lindas!

As bijus estavam muito legais, e minha irmã escolheu o statement necklace em tom coral e dourado:

Foto do site C&A
Colar muito digno, por R$49,90

De roupas Mixed/C&A comprei somente uma calça branca, que vestiu bem e não é transparente.


A coitada está tão amassada e sujinha que dá dó...
Mas dá para ver que o tecido tem uma textura bem legal, como se fosse um piquet.

E finalizei com um cinto de inseto (nossa, acho que preciso parar com esse lance de insetos, a obsessão está demais, não está?):



Não resisti às mosquinhas! Que fofas!!!
O cinto é de elástico e custou R$39,90


Conclusão: 
Acabei adorando a experiência, me diverti e garimpei, sem stress, sem traumas, algumas peças bem legais. 
Pelo visto, é melhor escolher algum shopping menos visado para aproveitar essas parcerias: deu para comprar e sair feliz!
Como a loja estava super bem abastecida, quem estiver interessada na coleção ainda dá bem para arriscar um passeio e umas comprinhas.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Octavio Café

Hoje almocei no Octavio Café, vocês conhecem?
Fica na Av. Faria Lima 2996, bem pertinho do Rubayat. O prédio é lindíssimo, impossível passar por ali e não reparar:

Dentro é super bem decorado e agradável: pé direito mega alto, poltronas confortáveis, espaçoso.

Para quem aprecia café, a carta é enorme, com diversos tipos e procedências.

O cardápio de refeições não é muito grande, porém, é bem caprichado: escolhi um fettuccine com gergelim e salmão defumado que estava ótimo.
Agora, um conselho: tem que guardar espaço para a sobremesa! Tem cada coisa boa... A de hoje foi Brigadeiro de Colher, nas versões leite com coco e chocolate meio amargo.  Huuummmm! ;)


Infelizmente o serviço ficou bem a desejar, moroso demais, era um custo ser atendida pelos garçons, mesmo apertando aquele botão eletrônico na mesa.

Se ainda não conhecem, e não estiverem com pressa, vale o passeio.
O preço é meio salgadinho (ficou uns R$70 por pessoa), mas nada muito diferente da maioria dos bons restaurantes de SP.
#ficaadica gastronômica da semana. :D

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Black Friday - 23/nov

Amanhã -- ou melhor, daqui a pouco, a partir da meia-noite -- começa o Black Friday, tradicional dia em que o comércio norte-americano queima os estoques com promoções muito vantajosas para os consumidores, evento que estamos importando para o Brasil.


Recebi vários emails de lojas preparadas para a promoção, algumas falando em descontos de até 70%.

Criaram atém um site, o Black Friday (clique aqui) que reuniu várias lojas virtuais brasileiras e mostrará os principais descontos oferecidos. Nesse bloco estão Fnac, Saraiva, Apple Store, Submarino e muitas outras.

Links que recebi e achei interessante são:
Shop2gether - depois clicar no link interno para Black Friday para descontos até 70%
Jogê - produtos com 20%, somente para compras online
O Que Vestir - até 60% em 600 produtos de 50 marcas distintas

É isso aí! Eu vou ficar no micro aguardando a meia-noite para ver se isso tudo vale a pena. E vocês?

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
ATUALIZAÇÃO: 
0:50 a.m.

Desconsiderem os links, pois aqui no Brasil a coisa não é séria!
Ou os links não abrem (site Black Friday; Jogê; OQVestir), os descontos são poucos, 
praticamente uma releitura dos produtos que já estavam em oferta (Shop2gether).
:(

=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=
Friday

Durante a sexta-feira os sites funcionaram melhor que na madrugada. No entanto, não encontrei nada digno de nota, nenhuma oferta fantástica. E os descontos devem durar até domingo -- em alguns, até a próxima segunda-feira. Quem sabe ano que vem é melhor?

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Revistas importadas: Telva

Estive ontem na Livraria FNAC e fiquei impressionada com a quantidade de revistas importadas disponíveis para compra. Da Elle e da InStyle americanas de dezembro/12 (nos EUA já lançaram as edições de dezembro) haviam pilhas espalhadas pela loja. Eles realmente apostam no consumo brasileiro dessas publicações, fiquei espantada!

E sim, a propaganda deu certo: levei as minhas para o caixa. ;)

Mas ainda não são dessas que eu vou falar hoje. Na fila do caixa, naquela posição em que eles põem os itens que enchem os olhos e são certeiras 'compras por impulso', havia uma revista espanhola, a TELVA, num encarte imenso ofertando grátis uma sacola de praia.

Vou confessar: não vou jamais à praia, porém a possibilidade de uma sacola retornável (sim, pensei no supermercado!) e uma revista espanhola que nunca li antes, por R$15 -- foi irresistível. E é sobre ela este post.


A edição é do Outono/2012 deles, publicada em agosto. Mesmo sendo uma publicação menos nova, achei inúmeras coisas interessantes, e uma forma de escrita muito diferente das nossas revistas de moda.

Não tem aqueles editoriais 'conceituais', nos quais mal se vê as peças, só as caras e bocas das modelos. Não tem muitas páginas de propaganda (!!!). E tem muita reportagem: é uma revista com muito texto, muito mais que imagens. Diferente!

Outra característica bem marcante: dão bastante importância aos blogs. Há vários sob a asa da revista, e nessa edição estavam apresentando mais três novos, sendo um deles de uma blogueira que veste XL (veja aqui) e outro com uma estilista sérvia que achei com excelente gosto (olhe aqui).

Gostei MUITO da revista e ainda vou encontrar muita coisa para ler, pois só fiz um levantamento breve e fiquei com vontade de postar, ainda vou me aprofundar mais nessa publicação.
Para quem quiser explorar o site deles: clique aqui.

= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = 
Agora, uma coisa que me impressionou muito, de uma forma oposta às resenhas e novidades de moda, foi a seção de Cozinha, onde o título do artigo é "3 menus para tempos difíceis".


Nele foram  selecionadas 9 receitas que dizem ser saborosas sem que precisem de muito dinheiro.
Entendo a preocupação e admiro a proposta. Fiquei sinceramente tocada pelo artigo. Não dá para deixar de lamentar que a Espanha esteja passando por essa fase ruim...

domingo, 18 de novembro de 2012

Blazer listrado

O blazer listrado de fundo branco parece ser uma unanimidade entre as blogueiras: todas têm e fazem mil combinações. Aparentemente, é uma peça super versátil.

Inspirações coletadas ao longo do tempo:
Listras e poás

Com camiseta estampada ou inteira branca

Junto com estampa florida

Novamente com flores, estas com fundo claro

Acompanhando um total black


Não compartilho dessa facilidade de combinação: meu blazer vive encostado no armário, dificílimo tirá-lo de lá. Toda vez é a mesma coisa: com camiseta branca e jeans acho muito simples; se tento camiseta vermelha, me sinto a bandeira da França e desisto instantaneamente; com preto também não gostei, pois as listras do meu são azuis...

E eis que quando ele estava na marca do pênalti [fiz uma mega arrumação de guarda-roupa esta semana], combinei-o com uma camisetinha bordada que também estava na mesma posição (:-)) e achei que deu certo!
Olha só:

Camiseta de malha cinza com bordados de lantejoulas pequenas em azul/cinza chumbo:
(comprado em uma lojinha de ofertas na Madison Ave. em NY)


 Blazer Gregory, colar MOB de cristais coloridos:

 E aí, ficou bom?

PS: opiniões masculinas (leia-se: filhos) desaprovaram totalmente, dizendo que era um absurdo combinar dois motivos diferentes na mesma roupa.
Bom, só sei que eu gostei, e usei bem feliz!  ;)

sábado, 17 de novembro de 2012

Primeira compra no eBay

Sempre lia a respeito de compras incríveis feitas via eBay, porém a insegurança com esse serviço era maior que minha curiosidade de experimentá-lo. Afinal, já havia lido reclamações de compras que nunca chegavam e de qualidade sofrível dos produtos.

Porém, acompanhando o blog da Cony -- segue aí: Futilish -- em que ela tem uma tag específica para o Ebay, o "Comprey no Ebay", e posta semanalmente as boas compras das leitoras, resolvi arriscar com algo bem pequenininho: uma escova para desembaraçar cabelos molhados.

Li sobre essa escova em outro blog super legal, o Coisas de Diva, e o post está neste link. Vale a pena ler, pois explica exatamente as características da escovinha e dá para entender porque me interessei por ela.

No link do vendedor -- este aqui --, escolhi a cor e fiz o pagamento por PayPal.
Em seguida resolvi esquecer o caso, pois li várias vezes que as entregas podem demorar até 90 dias, e que o segredo de se comprar no eBay é não ter pressa e nem grandes expectativas: é uma espécie de loteria, onde você paga um preço bem baixo e reza para que a qualidade final seja razoável.  ;)

E aqui está o resultado desta minha primeira experiência: ÓTIMA!
A escova chegou em 12 dias, veio super bem embalada, no invólucro original, cor certa, tudo ok.




A escovinha é bem legal: empunhadura anatômica e fileiras e mais fileiras de cerdas plásticas e maleáveis, de duas alturas diferentes.
Custou 9,75 libras + 4 libras de frete.
Aprovei essa minha primeira experiência!

Conclusão:
Ainda estou com a opinião que o eBay não é para roupas (é tudo chinês) nem bolsas (couro sintético), mas que para miudezas como escovas, chaveiros, bijuterias e afins, vale a tentativa.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Pre-order Alexander McQueen

Cometi um pequeno ato de insanidade: encomendei uma clutch Alexander McQueen em pre-order através do site da Saks Fifty Avenue.

Vou contar como: estava vendo as últimas novidades no site e vi esta clutch com estampa de inseto e FIQUEI APAIXONADA!


Acho que neste ponto preciso me explicar: tenho fascínio por tudo que é de borboleta ou de libélula, principalmente o desenho das asas, e essa clutch pegou no meu ponto fraco.


Apesar de não gostar muito de bolsa pequena, não consegui resistir a essa. E ter uma peça original Alexander McQueen também contou muito -- depois da exposição dele que vi no The Metropolitan Museum of Art de New York, em julho de 2011, o entendimento e o valor que passei a dar às suas peças foi outro: real admiração pelo trabalho do artista e por seu legado.

Esse modelo de clutch chama-se De-Manta, pois tem seu formato inspirado nas arraias (manta, em inglês). Olhe de novo: não parece mesmo uma arraia?

Garanti a minha sob encomenda, com previsão de chegada para final de março de 2013. Agora tenho que esquecer o caso pelos próximos 4 meses, para não ficar ansiosa todo esse tempo!

Lembrando que tem modelos para todos os gostos: quem detesta insetos pode achar vários sem esse tema, um mais lindo que o outro. Vale dar uma olhada na página das bolsas e sapatos McQueen (clique aqui). Amostrinha:

Admiração nível 1000 pelos trabalhos A. McQueen!

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Shopping Ibirapuera

Não sei se vocês têm ido ao Shopping Ibirapuera nos últimos meses. Caso não, um conselho: evitem ir.
O espaço está sob reforma, com troca do piso e parapeitos de todos os andares. Isso começou há meses e vinha se arrastando em ritmo quase parado. Porém agora, com certeza por conta da proximidade do Natal, mais e mais áreas estão sendo submetidas ao processo.

Vários corredores estão com os pisos cobertos (veja abaixo) e sob esse manto temporário há desníveis: está desconfortável de caminhar, tem que ficar olhando para baixo o tempo todo:

 E a iluminação, como ficou bem aparente na foto, também está bem precária.

Tapumes brancos estão cobrindo as laterais das escadas rolantes. 

Pode ser que no final o resultado venha a ser ótimo. Por enquanto, a experiência de tentar fazer compras ou passear nesse Shopping é a de passear num canteiro de obras. Muito desagradável.
Se puder, fuja!  #ficaadica

Atualização de fev/2014: Não, a reforma ainda não acabou. Sem condições!

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

A saga da compra de roupas

Sempre fui às compras de roupas feliz e contente: ia toda animada e achando tudo lindo. Ultimamente, no entanto, essa experiência está cada vez mais difícil. Não está fácil voltar para casa realizada com as escolhas, pois na sacola estão peças que podem ser definidas como "o que foi possível encontrar", raramente são exatamente o que eu queria.


E isso está acontecendo devido às opções que estou fazendo como uma enta assumida. A saber:

  • as peças têm que ter bom corte e tecido de qualidade; 
  • as blusas devem ter mangas, e essas devem ser 3/4 ou 7/8 ou compridas;
  • nada deve ser muito apertado ou transparente ou mostrando muita pele;
  • a roupa não pode ter corte ou apliques que sejam sinônimo de juventude;
  • revival de anos 80, 90, etc., estão cortados! Parecem roupa "de época" nas entas.
  • até cores devem ser pensadas: minha experiência com roupas neon foi péssima.

E aí você vai numa loja de moda clássica e não consegue encontrar quase nada adequado.
Peça à vendedora por camisetas com mangas mais compridinhas: simplesmente não tem! As mangas são todas curtíssimas, estilo japonesas. E as blusas de corte mais montado têm aquelas estampas coloridíssimas e chamativas, estilo "tia velha", sabe qual é?


Li numa Superinteressante que, de acordo com um estudo inglês, as mulheres experimentam mais de 21 mil peças de roupas ao longo da vida: "cerca de 40 itens por mês; 480 por ano". E que compram metade do que experimentam.

Não sei, não. Atualmente tenho experimentado umas 10 peças antes de me decidir por uma só. E não é porque não queira comprá-las: é porque não ficam bem, mesmo.

Será que todo mundo que ganha em idade, perde em escolha de roupa??? Porque, para dizer o mínimo, está realmente uma saga a procura por peças boas...

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Elle + lenço Lenny Niemeyer

Já está nas bancas a Revista Elle de novembro, com o quarto e último lenço da "coleção Elle": este é da estilista Lenny Niemeyer, conhecida por sua moda praia.


O lenço é parte integrante da revista, que também vem acompanhada de 
um caderno "Especial Lenny Niemeyer". 

O lenço é quadrado, de cerca de 65 cm de lado, 100% poliéster, barras chuleadas.
O desenho foi o que mais me encantou: guarda-sóis listradinhos, em diversas posições e ângulos, bem simpáticos. E as cores são neutras: azul marinho e branco, com preto somente no tracejado dos desenhos.

Como coloquei no post que fiz sobre a primeira edição que trazia um lenço-presente (Maio/2012):
"É muita informação + especial + presente pelo mesmo custo de todo mês da revista. Vale a pena."

Continuo achando isso! Elle é uma das minhas edições preferidas de Moda e este lenço é muito usável.
[Custo total: por R$14,00 nas livrarias e bancas de jornais].

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Livro: A Escada dos Anos

Comprei este livro de Anne Tyler devido a uma crítica particularmente positiva que li (em uma revista? em algum site? não me lembro).

Apesar da capa conter a seguinte citação

"Minha escritora favorita, e a melhor e mais completa 
romancista do mundo."
- Nick Hornby, autor de Alta Fidelidade

posso lhes falar com certeza: não se deixem enganar por essa propaganda.
O livro é fraco, a linguagem é coloquial, as conclusões são caricatas.

Do que está acima escrito só posso concluir uma coisa: nunca, mas nunca mesmo, ler nada desse Nick Hornby, pois seu conhecimento literário deve ser pífio... =)



Bom, o enredo é sobre uma mulher de 40 anos, esposa e mãe de três filhos crescidos, que se sente incompreendida, invisível em sua casa, e abandona tudo para começar uma nova vida em uma cidade próxima.

A ideia é boa: se reconstruir, sair de algo ruim e buscar novos horizontes. E há passagens engraçadas, como a descrição dada à polícia quando dão por falta da mãe -- uma descrição cheia de imprecisões, que mostra bem como ela não era mesmo notada pela família.

"A Sra. Grinstead é uma mulher esguia, de compleição pequena, cabelo louro ou castanho bem claro, mede cerca de 1,58 ou 1,68 m e pesa cerca de 40 ou 48 quilos. Seus olhos são azuis ou acinzentados ou talvez verdes, e o nariz é sardento e ligeiramente bronzeado."

No entanto, o restante do livro não tem essa verve e é basicamente escrito em small talk, essa praga da literatura atual.

A tirada que mais gostei veio somente na página 395, quando a protagonista é cobrada a resolver uma situação difícil e que envolvia toda a família.

"Sam ajeitou o corpo e olhou para Delia.
_ E você não devia estar tomando alguma providência?
_ O quê, por exemplo?
Ele não respondeu. Seus lábios estavam secos e brancos. Delia ajeitou a saia e sentou-se para observar os próximos acontecimentos.
Ela nunca percebera que podia passar a preocupação para o outro como se fosse um objeto físico. Devia ter feito isso há anos."

São 446 páginas, que li em duas noites, mas que depois que terminaram fiquei com uma horrível sensação de "tempo perdido".
Conclusão: não recomendo.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Fivela Turquesa

Semana passada comprei uma camisetinha linda na Le Lis Blanc, com desenho de várias borboletas em tons de turquesa.
Essa aquisição fez com que surgisse a 'necessidade urgente' de um cinto com fivela turquesa, para usar junto, o que rendeu este post com dicas de compras.

Achei vários produtos lindos, porém com custos muito altos para um item que vou usar relativamente pouco:

Preços, do alto à esquerda e em sentido horário:
R$380 / 390 / 470 e 450


Azur 
R$99 / 139 / 149
(foto e dica do Futilish)

Minha primeira escolha "custo versus benefício" foi o Azur quadrado, porém... está esgotado! Atualmente eles só têm o de cima, que não arrisquei porque não consegui imaginar como é que ficaria no corpo.

Então, pesquisando pelos e-commerces encontrei e comprei um na Dafiti, por R$79.  

E chegou hoje: a fivela é linda, bem acabada, vistosa. Já o cinto em si não gostei muito pois é irregular (mais grosso na frente) e pespontado. =P


No entanto, ficou lindo com a camiseta e, 'pelo conjunto da obra', acabei satisfeita com a compra.


Olha só como eles foram feitos um para o outro! ;D

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Estampas Anthropologie

A Dani Schiavo, queridíssima Consultora de Estilo e dona do blog Dia de Estilo, sempre dizia para eu priorizar texturas ao invés de estampas. Dani, quero muito fazer isso, mas as estampas andam tão lindas!!!
Olhem só essas da Anthropologie:


Vasculhei o site todo e só me apaixonei por essas duas bluzinhas. E o que elas têm em comum? O jogo de cores, o grafismo, a alegria e o inusitado das estampas.

Se vocês também gostaram dessas amostrinhas, uma boa notícia: o site da Anthropologie agora está enviando para o Brasil.
Único senão: a taxa é de US$55. Desanimador, não é?
Mas é bom saber que, num caso de paixão irresistível, dá para mandar a peça vir nos visitar.  ;)

sábado, 3 de novembro de 2012

Clutch de palha

Olha só esta foto que a Ju Ali destacou no seu blog (Juliana e a Moda):


Nunca gostei muito de bolsa de palha, sempre me remeteu a praia, parecia que não "combinava" com São Paulo. E, no entanto, essa está lindinha para ser usada até à noite, não está?

A boa notícia é que essa carteira é da Shoestock, coleção Verão 2013, e está custando só R$89,90          (conforme consta no catálogo da loja, fotografado abaixo):

Para aproveitar JÁ!

Obs.: ainda não está disponível para compra online, somente nas lojas físicas. :(


P.S.: A Vejinha SP deste final de semana trouxe uma dica muito parecida, em suas páginas de "Boas Compras":

Só que neste caso não dá para saber qual o tamanho real dessa carteira. Difícil encontrar qualquer produto a R$39,50 na Le Lis Blanc, somente indo lá para ver se isso está mesmo correto. Em todo o caso, #ficaadica.