quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Fechando Janeiro

O tema hoje é fechar o mês de janeiro mostrando minhas aquisições desta época de liquidações insanas por todo lado!

Aproveitei para comprar peças BEM ESPECIAIS a custo mais baixo, vem ver:


A ballet flat vermelha é Elie Tahari, na Saks com 70% de desconto. Fazia tempo que eu estava de olho nessa flat na cor preta, mas nesta altura do campeonato só consegui a vermelha -- e era última peça! De R$422 por R$126 (não esquecendo os impostos, ok? Na real sai por mais ou menos o dobro disso, o que ainda é preço bem competitivo para Brasil).

O bracelete poderoso com desenho bizantino é de uma marca que eu adoro, a Kenneth Jay Lane, também com 70% off na Net-a-Porter. É o tipo de oportunidade que caiu como uma luva, visto que fazia tempo que estava querendo mais uma peça dessa marca. Quanto? De US$270 por US$87.

Brincos House Of Harlow 1960 por 18 Libras!!!! Eram 64 Libras. Na Asos, assim como o colar House Of Harlow 1960 que saiu por 37 Libras (este valor é maior que 50 dólares, portanto teve que pagar alfândega. Mesmo assim, valeu a pena).

Regata de seda Pedro Lourenço, na DafitiPremium de R$680 por R$340. É, essa é cara mesmo com o desconto -- mas é uma peça especial, adorei quando chegou: a seda é estampada e tem um brilho lindo. Bem chique, diferente das demais regatas do dia a dia.

T-shirt Costanza Rocks na Amo Muito. Aqui foi com preço cheio, R$139, mas eu não resisti a ter minha musa em uma camiseta! ;)

E finalmente, os brincos verdes art déco da Lydell NYC, de R$153 por R$115 (+ os impostos) -- fiquei apaixonada por eles e tenho usado direto. Na Bloomingdale's.


Resumo da ópera:
Em época de liquidação temos que olhar para todos os lados, não dá para apostar as fichas numa loja só. Sete peças, seis lojas diferentes. Tem que garimpar mesmo -- o resultado é ótimo!  :D

Obs.: os links são para as páginas atuais das liquidações, não para as peças específicas pois a maioria já esgotou. E provavelmente esses links sairão do ar assim que as ofertas terminarem -- é somente uma referência para agora.

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

50' no The Fifties

Ter cinquenta anos tem sido uma experiência diferente do que eu imaginava.
Primeiro veio o medo, decorrente daquela estigmatizada que é entrar nessa idade. E falar "tenho 50" tem um peso enorme -- eu sinto que é como se as pessoas lhe olhassem diferente: 'você está velha'...

Por outro lado... parei de ligar para bobagem. Não preciso mais ter IMC 20, não cogito em me preocupar com roupa e sapato das outras mulheres nas festas (competição básica feminina sobre "quem está melhor"), estou pouco ligando para o que os outros estão pensando a meu respeito.

E tenho algumas certezas, com disponibilidade e segurança para pô-las em prática. Exemplo: sair sozinha para um restaurante e aproveitar cada minuto.


Um dos meus favoritos é o The Fifties, em Moema. Gosto tanto de ir nessa lanchonete que às vezes meus filhos não querem me acompanhar, o marido está ocupado, não tem irmã ou amiga por perto, e lá vou eu, by myself. Como neste sábado: fui almoçar quase 16hs, com direito a milkshake (o da foto, com licor de chocolate, uma delícia!), mesa externa, aproveitando o tempo gostoso, a comida ótima, minha própria companhia.

Quando jovem não faria isso -- não tinha estrutura para segurar uma mesa sem ter alguém junto para conversar. Hoje faço brincando, e adoro. 

Viu, tudo na vida é assim: você perde de um lado e ganha do outro. É só saber para onde olhar para que o balanço geral seja positivo.  ;)

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Liquidações de verão

Janeiro é sempre um mês de dinheiro apertado: matrículas e material escolar, IPVA e o terrível extrato do cartão de crédito com as compras do Natal.
E nesse ambiente inóspito acontecem as liquidações de verão. As lojas estão com ofertas excelentes, as online idem, algumas até com 70% de desconto sobre o preço da etiqueta.


Se você resolver se arriscar em alguma, as diretrizes para uma boa compra em liquidação são:

  1. Compre modinha. Sabe aqueles itens que a gente tem vontade de comprar mas sempre acha que vai usar pouco? Tipo uma peça muito étnica, ou muitos brilhos, estampa espelhada... Se achá-la em oferta, com preço bem baixo, é hora de comprar a sua agora. O plano é usar rapidamente e não se aborrecer se em seis meses ela não sair mais do guarda-roupa.
  2. Clássicos. Uma boa calça jeans ou preta, uma camisa branca ou de seda. Nestes casos, a busca é oposta: procurar nas boas lojas e comprar qualidade aproveitando que, com os descontos, as peças se tornaram viáveis. 

Aliás, até as grandes marcas (leia-se: lojas do padrão shopping Iguatemi e JK -- Burberry, Prada, DVF, etc.) estão com ofertas, apesar de não fazerem alarde e só colocarem um minúsculo cartão na vitrine confirmando isso.

Então, vamos lá:
Para modinha sugiro a Zara, Topshop, Renner, etc.
Para qualidade visite a Cori, Le Lis Blanc, Animale e afins.
E, se seu bolso estiver cheio, vale qualquer loja grifada dos top-shopping de SP.  ;)

Agora, cá entre nós: francamente, é muita tristeza tantas ofertas acontecerem justamente em janeiro, um mês tradicionalmente de grana curta, não é?

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Spikes em 2013?

Depois de tanta ênfase nos spikes, caveiras, tachas e afins em 2012, imaginei que este ano essa moda seria deixada de lado. Eu cansei deles, e vocês?

No entanto, hoje vi anúncio da linha Louboutin na Saks e o destaque era exatamente para sapato e bolsa com spikes:


Sem dúvida que um sapato vermelho desses causa um grande impacto, praticamente faz o look sozinho.
Mas você compraria agora itens assim?

Sei não... vou esperar algo novo aparecer.


P.S. fevereiro: algo novo apareceu! Os spikes continuarão firmes e fortes em 2013, mas agora estão em companhia de tachas e cristais. Veja aqui.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Alternativa fashion

Todo blog tem seu dia de montar uma "alternativa fashion", não é? Aqui não poderia ser diferente. ;)
Assunto de hoje: pulseiras.

Na loja online da Animale passei um bom tempo namorando uma pulseira linda, sem coragem de gastar R$248 nela. E eis que agora ela entrou em promoção, está por R$179 -- bem melhor, não é?


No entanto, acabei comprando uma super parecida no eBay, por US$9,99 (aproximadamente R$22). Olha só:
Animale                                                                eBay
Igual não é -- mas faz também uma bela vista e, pelo custo amigo, achei uma super opção.   


Outra alternativa fashion é esta pulseira aqui:

Meio tribal, meio rocker, bem moderna. É liiinda ao vivo.

Encontrei-a na Aliexpress, neste link, por US$3,80 e free shipping (dá uns R$8). 
Sabe quanto está no Shopping Ibirapuera, numa loja charmosérrima do piso Campo Belo? CEM REAIS. 
E idêntica, certeza. Que tal???


Lembrando que para comprar no eBay e no Aliexpress tem que ter paciência de monge: as encomendas podem levar até 60 dias para chegar em suas mãos. 
Aí é que está a equação: tem que escolher entre pagar barato e ficar 2 meses sem o produto, ou pagar caro e já sair com ele no punho. 
E a decisão fica muito mais dependente da nossa ansiedade da hora do que de qualquer planejamento econômico, não é? :D

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Maquilagem em peles maduras by Coisas De Diva

As meninas do Coisas De Diva fizeram um post excelente sobre maquilagem em peles maduras, usando como exemplos as atrizes que apareceram no Golden Globes 2013.
Como elas são as experts no assunto, reproduzo aqui o link para esse post em especial, que é do total interesse das entas.

Gente, e a Jodie Foster, com 50 anos: não está numa forma maravilhosa?!

Linda e com cara de mulher real. Como é bom vermos atrizes "não-plastificadas", não é?


Sobre as Divas: elas sempre estão falando de cosméticos, shampoos novos, testes de produtos, etc. Para quem não tem familiaridade com esse segmento (#eu) é sempre elucidativo. Sigam esse blog, é muito legal!
Espero que gostem da dica.  ;)

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Livraria da Vila

Ultimamente tenho dado preferência ao Shopping Iguatemi JK (SP-SP) quando surge uma oportunidade de passeio: amplo, bem iluminado, nunca está demasiado cheio e tem bons restaurantes e lojas maravilhosas com as últimas novidades da Moda.

E foi lá que conheci a livraria mais linda do mundo!! A Livraria da Vila ocupa um amplo espaço, e foi toda montada em uma única estante contínua e sinuosa. Ficou um lugar mágico, me senti nas bibliotecas descritas nos livros de Jorge Luis Borges (labirintos de infinitas prateleiras a se perder de vista).




Lá você encontra de tudo: revistas nacionais e importadas, artigos de papelaria como agendas, calendários e Moleskine, e 130 mil livros de todos os assuntos -- de estudo, ficção, não-ficção -- sendo muitos de arte, fotografia, moda. Sugestão excelente para procurar aquele presente especial para uma pessoa que já tem tudo.

Reserve ao menos meia hora na rotina das compras para aproveitar o lugar. Tem vários sofás e poltronas espalhados pela loja, além de uma música ambiente agradabilíssima. #valeapena

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

As 100 melhores bolsas

A Vogue inglesa fez uma seleção de 100 bolsas, apresentando-as como "as melhores bolsas para se comprar agora". O artigo é de dez/12 e você pode lê-lo neste link.

Algumas das escolhidas já são clássicas, como a Proenza Schouler PS1 e a Louis Vuitton Speedy. Outras são de coleções recentes e bem diferentes do habitual, como a Prada de margaridas.

Achei legal que incluíram várias peças de preços baixos, da Asos, da Zara, etc. Isso mostra que não é preciso ser de uma grande grife para criar algo que encante os olhos e que valha a pena fazer parte da nossa coleção.


Abaixo as que mais gostei das 100 expostas, sendo várias clutchs -- que acho lindíssimas mas não consigo usar no dia a dia, não cabe nada dentro! -- e sendo as demais bolsas grandes de cores diferentes e vibrantes: adorei essa dica para fugir da mesmice do preto e marrom.

Estas duas da Zara estão imperdíveis! Uma fofíssima, de flores, e a outra ousada, colorida. Amei. 
Será que chegarão aqui no Brasil? #nafiladeespera


 As festivas, sendo que a da ASOS está com um custo super bom.


As clutchs espetáculo: liiiiindas até dizer chega! 



 As grandes e coloridas -- olhem a cor desta PS1, que mimo!


Absoluto sonho de consumo: uma A.McQueen -- eu A-M-O tudo que eles fazem!!!! Não é divina?

sábado, 12 de janeiro de 2013

Garfo para emagrecer

Achei essa notícia curiosíssima e, ao mesmo tempo, com grande potencial de dar certo: o garfo é uma novidade batizada de Hapifork. Foi mostrada na feira de tecnologia Consumer Electronics Show, que está acontecendo em Las Vegas até o dia 11 de janeiro/13, e foi criado pela empresa Hapilabs, de Hong Kong.


Bem próximo de um talher comum (parece mais aqueles para crianças), tem um sensor que identifica e controla, com uma alerta vibratório, a rapidez que o alimento está sendo levado à boca.
Como o corpo demora pelo menos 20 minutos para começar a dar sinais de saciedade, ao diminuir a quantidade e velocidade do que está comendo a pessoa conseguirá controlar melhor seu peso e até a qualidade da refeição.
Além disso, os dados são armazenados em um aplicativo para iphone que fornece gráficos da velocidade e tempo de cada refeição, fazendo com que se torne mais fácil se policiar, ao ter consciência clara dos seus hábitos.


Pois bem. Achei super interessante e resolvi me conscientizar de como estou me alimentando, mesmo sem o Hapifork. ;)

Vocês não vão acreditar o que aconteceu: passei a mastigar bastante e a pousar o talher no prato entre cada garfada. E isso me deu uma sensação horrível de estar sendo... ineficiente!
Incrível! A gente está tão acostumada a correr para tudo e fazer o maior número de tarefas no menor tempo possível, que diminuir o ritmo da refeição me pareceu um sacrilégio.

No entanto, lutei contra essa sensação e terminei a refeição comendo muito menos do que teria comido na "velocidade padrão".

Vale muito a pena essa atenção ao tempo de ingestão e de mastigação dos alimentos. Espero que consiga lembrar disso sempre -- senão, provavelmente serei uma futura proprietária de um Hapifork, que hoje está à venda nos EUA ao custo de US$100.

Reservem um branquinho para mim, por favor. :D

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Retrato oficial de Kate Middleton

Vocês viram o retrato oficial de Kate Middleton, pintado pelo artista plástico escocês Paul Emsley?


OMG!
Está horrível e absolutamente não faz jus à Kate, que é muito mais moça e bonita do que a imagem sugere.
Quando vi pela primeira vez pensei que era resultado de algum software de envelhecimento, daqueles que mostram como a pessoa vai ficar quando mais velha.
Olhem bem e me digam se não parece que ela tem, pelo menos, 50 anos?

Porém a duquesa, mostrando autocontrole e educação à toda prova, ainda elogiou o artista: "é sensacional, achei brilhante".
Eu a admiro por ser tão nobre, e não a invejo nem um pouquinho por ter de se sujeitar a um retrato oficial assim medonho...

(Se fosse meu, eu queimava)

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Compras duplas

Como vocês são em seus hábitos de compras?
Eu sofro da síndrome de "compras duplas". Explico: é quando você entra na loja pensando em uma peça específica e sai de lá com mais uma, totalmente aleatória e não planejada -- e, no meu caso, do mesmo tipo da peça principal.

Vou comprar um sapato? Depois que acho exatamente o item que quero muito, me empolgo com a loja e sempre acabo escolhendo um outro sapato que está "barato, é lindo, é o último par", etc., etc.
Acontece o mesmo com roupas, bolsas, com tudo.

O resultado? É péssimo!


Afinal, a primeira peça estava planejada, é uma aquisição pensada, algo que se quer muito.

A segunda é aquela dúvida: quero? não quero? aproveito? desisto? mas está liiiindo... e se acabar? e se eu me arrepender de não ter levado? etc.

É em casa que percebo, às vezes depois de vários dias, que a compra por impulso foi uma roubada e vai ficar encostada no armário ou terá de ser trocada. De qualquer forma, foi um gasto desnecessário e com potencial para dar um trabalho extra completamente dispensável.

Ainda por cima, o fato de comprar duas peças ao mesmo tempo faz com que se perca a originalidade do objeto, fica meio "carregação": ao invés de uma bolsa especial da marca X, você acaba com duas, quando o melhor seria usar esse valor para comprar futuramente uma outra bem diferente, de outra marca e modelo. Ou seja: não é uma atitude inteligente.  :(

Mais uma meta para 2013: acabar com as compras duplas. 
(Acho que este vai ser um longo ano, rs).

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Olook: a qualidade caiu

Ontem chegou uma das minhas últimas encomendas online feitas pré-decisão-de-evitar-ecommerces.
Uma rasteira e um bracelete da Olook.

Já havia falado desse site neste post aqui, inclusive da minha experiência com bijuterias (boas e baratas) e agora tenho que atualizar essa opinião como: evitem comprar lá.


Os preços subiram consideravelmente e recebi o bracelete TÃO mal acabado que simplesmente não dá para usar.

Parece que foi esmaltado por uma criança de 3 anos. E acreditem: ao vivo está muito pior.

Além do esmalte estar sobre as linhas douradas, está grosso e não uniforme, você vê as ondulações devido às diferentes espessuras em cada segmento. Um horror. Custo: R$ 59,90. Não foi nenhuma pechincha, o mínimo que deveria ocorrer era vir um produto honesto.

Sobre a rasteira: é bonitinha, sem ser de grande qualidade. Dá para bater um pouquinho, variar um pouco, é uma cor que ainda não tinha no meu armário.


Pelo menos essa vou usar, ao contrário de um slipper que comprei deles e que foi direto para doação, de tão ruim o material, a fôrma e o acabamento.  :(
O slipper da coleção do André Lima, que falei no outro post, foi uma exceção: comprei quando voltou ao estoque e é muito bonito e bem melhor acabado.

Conclusão
A absoluta falta de qualidade desse bracelete e de alguns sapatos comprados me indispôs fortemente contra o Olook e decidi bani-lo do meu micro. Devido a isso preciso dizer: não recomendo e não voltarei a fazer compras lá.

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Retrospectiva: tendências

Vários blogs fizeram um apanhado das tendências de moda que surgiram em 2012 e, ao fazer a minha compilação, cheguei a resultados inimagináveis: mais de 30 tendências bombaram ano passado! Algumas começaram ainda no ano anterior (como o maxicolar, por exemplo), mas estão listadas aqui porque se firmaram e foram importantes itens de 2012.


Quer ver?
Sapatos: cap toe; sandálias lace up (gladiadoras mais femininas); slippers com glitter, com spikes, com caveiras; sneakers; scarpins com partes transparentes.

Cores: tangerina tango; neon, em todos os seus tons; candy colors, com destaque para o verde menta.

Estampados / Tecidos: renda; veludo molhado; tie dye; espelhado; estampa de lenço; étnico; bichos (onça, zebra, tigre, girafa -- sendo que a onça já é praticamente um clássico).

Modelagens: mullet; peplum; calças com listras laterais;  calças estampadas; vestidos "emagrecedores" (aqueles com recortes em cores mais escuras nas laterais); bleached jeans; jaquetas bikers em todas as cores.

Bijus: maxicolar; pulseirismo; anel de falange; anel articulado; ear cuffs; cinto de metal.

Inspirações que apareceram em tudo: caveiras; bigodes; corujas; spikes; glitter; franjas; efeito encerado.

Contei 35 itens.
Trinta e cinco tendências em um só ano?! São quase três ao mês.
Pelo jeito a Moda agora está na velocidade da internet: aquela velocidade em que você corre, corre, mas não consegue acompanhar, sabe qual é? rsrs


Então, resumo da ópera: é humanamente impossível acompanhar todas as tendências. Acho que ficou bem claro isso, não ficou?
A gente bem que tenta saber qual a cor da moda, qual a estampa da vez, etc., mas não dá para levar isso muito a sério, sob o risco de ficar estressada (e pobre!).

Portanto, escolha sempre aquilo que tem mais a ver com seu estilo, com o momento que você está vivendo, com sua forma física -- ou seja, só use as modelagens que lhe valorizem --, e por aí vai.

Acho que esse é o lado bom de termos tantas ofertas: podemos escolher somente algumas entre as dezenas disponíveis e ainda continuamos antenadas com a moda.  ;)

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Resolução de Ano Novo

Início de ano sempre chega com uma retrospectiva do que passou nos últimos 365 dias e uma lista de desejos para os próximos meses.

E focando aqui somente na área da Moda, minha análise foi sobre... compras, essas danadas!


Retrospectiva
Ficou claro que 2012 foi, para mim, o ano do e-commerce. "Descobri" a compra online e fiz aquisições das mais diversas, de pequenos brincos no eBay até bolsas grifadas em sites gringos.

E depois de um ano de experiência creio que posso afirmar que as compras em frente à telinha do micro são viciantes e é uma alegria quando os pacotes começam a chegar em casa. Porém, o índice de erros[*] foi muito grande, muito maior do que o razoável.
[* Por erros leia-se: produtos que não serviram, qualidade que não era a prometida, modelagem que não caiu bem no corpo, cor diferente das fotos, etc.]


Resolução
Para este ano de 2013 decidi que vou priorizar as compras presenciais, em lojas físicas. Vou experimentar, pegar na mão, sentir o tecido, a textura, o caimento de cada peça.
Vai dar mais trabalho e vai me privar da distração diária de abrir os inúmeros emails e vistoriar as ofertas. Mas vai compensar pelo menor índice de erro, o que no final acaba poupando algum dinheiro.


Espero ter disciplina para fazer isso dar certo.
E vocês, têm alguma resolução fashion para 2013?